max celebra

O próximo fim de semana será muito especial pra gente. Isso porque várias obras e novos espaços que foram planejados, discutidos e construídos ao longo de 2017 serão entregues no domingo (10) aos nossos associados com uma programação mais que especial que contará com o som da dupla sertaneja montes-clarense, Sérgio e Rodrigo, e música eletrônica com o DJ Luan Amorin. Tudo isso a partir das 8h de domingo.

Se o fim de semana será especial, nada melhor que ter uma programação exclusiva que demonstre a evolução de tudo o que foi construído no primeiro ano de gestão do presidente Wagner Batista Castro.

As obras finalizadas em 2017 e que serão entregues aos associados são a construção de 912 metros de muro e concertina (barreira de segurança laminada) entorno do Max Min; Pavimentação asfáltica de 20.000m² ao longo do clube; Construção do Recanto do Soim; Construção da Alameda Wagner Batista, que reúne o complexo esportivo com quadras de badminton, beach tênnis, vôlei de areia, futevôlei e squash; Novo playground; Revitalização de jardins e passarelas e a renovação da pintura de vários setores do clube.

Energia Fotovoltaica, um marco na história do Max

Isso sem falar na principal aquisição do clube para o futuro: a assinatura de contrato com a Engie Solar, uma das maiores empresas do mundo em energia. A parceria atesta que o Max está de olho no futuro, que é sustentável. A partir de 2018, o clube vai gerar sua própria energia a partir do sistema fotovoltaico, que atenderá 74% do consumo do clube, o que representará uma economia de mais de R$ 3,5 milhões nos próximos 25 anos.

Presidente do Max Min Clube, Wagner Batista Castro (foto: Arquivo/Max Min)

“Passamos um ano buscando alternativas para solucionar nosso problema com o alto custo da energia. Depois de analisar várias opções, a energia solar foi a mais viável. Estamos muito satisfeitos com o acordo que fechamos com a ENGIE”, comemora o presidente do Max Min Clube, Wagner Batista Castro.

Alegria é palavra de ordem no Max Min. Isso porque o presidente, em seu primeiro ano de mandato, diz se sentir orgulhoso e abençoado por Deus pelas conquistas, obras e parcerias que o clube firmou em 2017. “Temos feito obras pontuais no Max Min. Um bom exemplo é a construção do muro. Tínhamos um problema sério com a segurança. Muramos todo o entorno do Max Min e também asfaltamos boa parte do clube que não era asfaltada. Além disso, uma rua que cruzava o clube ao meio e trazia transtorno às famílias, construímos uma alameda”, elenca Wagner Batista, que emprestará o nome à Alameda a ser inaugurada.

“Graças a Deus fizemos até mais do que programamos para o primeiro ano de gestão. Espero que em 2018 tudo ocorra bem como neste primeiro ano”, projeta o presidente Wagner.

Para o dia 10/12 estão previstas também as finais dos campeonatos de Vôlei de Areia, Peteca na Areia, Beach Tênnis, Buraco e Futevôlei.

Esperamos você para, juntos, comemorarmos os avanços e o futuro que nos espera.

 

Por Andrey Librelon